Águas Subterrâneas

A Região Hidrográfica Macaé e das Ostras – RH VIII apresenta dois domínios geológicos distintos: o das rochas cristalinas e o das rochas sedimentares.Regionalmente, as características geológicas de cada um desses domínios condicionam a ocorrência de dois sistemas diferentes de aquíferos, sendo um do tipo fissural (com porosidade secundária) e outro do tipo sedimentar (com porosidade primária).

Conceitualmente aquífero é definido com uma unidade rochosa ou de sedimentos que armazena e transmite (fornece) volumes significativos de água. Os aquíferos representam 20-30% dos fluxos de base dos rios. No sistema do tipo aquífero fissural a água subterrânea, quando ocorre, percola as fraturas e falhas existentes nos maciços rochosos. Já no sistema do tipo aquífero sedimentar a ocorrência de água subterrânea está condicionada a presença de camadas espessas de litologias permeáveis e porosas como os arenitos.

Na região, o sistema Aquífero Cristalino está representado pelos plútons magmáticos dos granitos Sana (Cgrs), São Pedro (Cgrsp) e Nova Friburgo (Cgrnf); os granitóides da Suíte Desengano (Npsd), da Unidade Desengano (Npsdu) e da Unidade Glicério (MNpsg); os gnaisses do Complexo Região dos Lagos (PPrl), da Unidade Região dos Lagos-porfirítico (PPrlp) e da Unidade Crubixiais (Nscb). Para o sistema de aquífero sedimentar a representação ocorre pelos depósitos Alúvio-Coluvionares (Qha), Flúvio-Lagunares (Qhfl) e os Depósitos de Restinga, Eólicos e Marinhos (Qphrm).

Vulnerabilidade dos Aquíferos

O PRH da RH VIII definiu que os sistemas aquíferos correspondentes às coberturas inconsolidadas sobre rocha cristalina fraturada, que compõem grande parte da RH VIII são livres, apresentam níveis freáticos pouco profundos e são, portanto, bastante vulneráveis a uma contaminação de suas águas.

As áreas cobertas por sedimentos arenosos e argilo-arenosos seriam as mais frágeis,seguidas pela grande área cristalina coberta por colúvios e solos residuais, que podem apresentar alta permeabilidade estando em contato hidráulico direto com o cristalino fraturado.

A ocupação desordenada em diversas áreas da RH VIII, principalmente por populações de baixa renda, na maioria das vezes sem a implantação de infraestrutura de saneamentobásico é preocupante, já que o esgotamento sanitário de boa parte das moradias se dá por meio de fossas construídas sem nenhuma técnica sobre terrenos permeáveis, conectados diretamente aos reservatórios de água subterrânea.

A preocupação com a contaminação dos aquíferos da região deve estender-se também às indústrias que despejam produtos químicos de forma inadequada nos terrenos.A contaminação dos aquíferos pode se dar também pela infiltração do chorume de lixões e cemitérios, geralmente implantados sem levar em conta a permeabilidade dos terrenos nos quais se localizam.

O potencial de contaminação por salinização das águas subterrâneas na RH VIII limita-seaos depósitos sedimentares arenosos de origem marinha situados na zona costeira, todoseles de expressão insignificante, utilizados somente para captações de volumes desprezíveis de água para abastecimento doméstico. O processo de salinização desses aquíferos pode ocorrer quando se dá a superexplotação da água doce neles contida, com a consequente substituição pela água salgada do mar. Tal situação não deve ser esperada na Região face à inexpressividade da utilização desse recurso.

Para obter informações sobre as águas subterrâneas acessar o site da Companhia de Pesquisas de Recursos Minerais, no Projeto Rio de Janeiro, disponível em: http//www.cprm.gov.br/geo/rjinicio.html

Muitas informações podem ser obtidas ainda no Departamento de Recursos Minerais do Estado do Rio de Janeiro (DRM-RJ), que recentemente editou uma cartilha para orientar usuários de poços domésticos, disponível em: http://www.drm.rj.gov.br/

Fonte:

Plano de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica dos Rios Macaé e das Ostras. Relatório de Caracterização da Área de Estudo. Disponível em: www.planomacaeostras.com.

Download PDF

Processo Eleitoral do CBH Macaé 2017

processo_eleitoral

Agência Delegatária

delegataria-cilsj

Facebook

Escritórios

SEDE DA DELEGATÁRIA
Rodovia Amaral Peixoto (RJ 106), Km 106 - Balneário - São Pedro da Aldeia – RJ - CEP 28948-834.
(22) 2627-8539 / 98841-2358.

ESCRITÓRIO MACAÉ
Rua Punta Del Este, 187 - Cavaleiros - Macaé – RJ - CEP: 27920-170.
(22) 2142-7413.

ESCRITÓRIO NOVA FRIBURGO
Rua Moacir K. Brust, 11 - Centro - Lumiar - Nova Friburgo - RJ - CEP: 28616-070
(22) 2542-9530 / 98170-8000.

Parceiros

Facebook